PERFIL: LILA TAVARES – A MELHOR NATAÇÃO FEMININA BRASILEIRA NO IRONMAN FLORIANÓPOLIS 2018

PERFIL: LILA TAVARES – A MELHOR NATAÇÃO FEMININA BRASILEIRA NO IRONMAN FLORIANÓPOLIS 2018

Lila Tavares faz o melhor tempo da natação feminina brasileira no Ironman Florianópolis 2018.

A triatleta amadora capixaba Lila Tavares completou o seu primeiro Ironman em Floripa neste ano de 2018. O grande desafio da atleta não era somente completar a distância total da prova, mas  ser a melhor atleta amadora feminina nos 3800m de natação. “Eu sabia da realidade que existia em ser a primeira amadora. Treinei forte e desejei isso”, comentou Lila.

Ela fez o tempo de 51’25” sendo a primeira amadora e, por consequência, a primeira da categoria F40-44 na natação e o melhor tempo da natação feminina brasileira na prova. Ela ficou atrás somente da triatleta profissional norte-americana Haley Chura (47’30”).

Lila Taveres na largada do IM Floripa 2018. Foto: arquivo pessoal.

Com mais detalhes, a capixaba relatou o desempenho na natação. “Saí numa pegada crescente, só que na volta do 1 M (voltando para a areia), eu abri para sair dos homens e a correnteza me jogou para fora das boias, alí foi o meu primeiro desafio, onde tive que manter a cabeça fria para voltar para a boia. Pensei: pronto, perdi porque errei a navegação, mas tive 5 segundos para mudar, dei um tiro forte, consegui voltar para as boias e saí para a segunda volta, me mantive concentrada em cada braçada, na respiração rápida e na navegação certa.”

No ciclismo Lila completou os 180km para 6h05′ aproximadamente. Conta ela em seu perfil do instagram (@lilatavaresoficial). “Na bike vi praticamente todas as mulheres que chegaram na minha frente me passando.. vi algumas no vacuo e muitas sozinha. No Ironman nao pode vácuo! entao, voce tem que deixar a pessoa passar e ir embora, a vontade de acelerar e pegar uma roda é real, mas eu fui fiel as regras. na ultima perna da bike nao estava me sentindo bem, meus olhos pareciam que viravam e tive que me manter forte encima da bike para nao cair, diminuir o ritmo e segui tentando nao cair… apesar de treinos grandes como A Volta das 3 Santas e outros treinos, nunca tinha ficado 6 horas encima da bike sem descer..fazer essa prova foi sensacional, aprendizado gigante, mente forte, e o bom humor me acompanharam durante o dia. Vou analisar o que tive na bike para na proxima isso nao acontecer…” (sic).

Ela conta que nunca correu 42km na vida, mas encarou a maratona numa boa, fez força e completou o primeiro Ironman, na nona posição no age group. “A energia da prova me levou sem parar, contagiante e emocionante” relatou Lila no Instagram. Ao fim, ela completou a prova com o tempo final de 11:30:07, na nona posição do F40-44.

NATAÇÃO COMO BACKGROUND

Lila Tavares tem a natação como backgorund. Ela diz: Desde que me entendo por gente, sou nadadora. Com 9 anos fiz minha primeira viagem sem meus pais para poder competir  e com 15 anos fui morar em São Paulo para treinar. Foi uma experiência única morar com mais atletas, treinando com mitos como Gustavo Borges.”

Ela nadou para diversos clubes brasileiros, como o Praia Tênis Clube, Esporte Clube Pinheiros (SP), Minas Tênis Clube, CR Flamengo. Lila também nadou para a Universidade Gama Filho, onde cursou a faculdade de Nutrição. Em 2001 se aposentou das piscinas.

Em 2010, a capixaba voltou para a natação, participando de competições na categoria master. Em 2011 fez o primeiro triathlon e relata, competi 3 triathlons sem treinar, não tinha bike, capacete e nenhum equipamento,  eu só tinha maiô, touca, óculos e um tênis. Pegava emprestado a bike e o capacete um dia antes da  prova”. Neste mesmo ano, ela começou a participar de diversas travessias de natação como o Rei e Rainha do Mar.

Um ano depois, Lila procurou ajuda numa assessoria esportiva capixaba (Equipe Limiar) e começou a treinar para o triahtlon. Em 2013, começou a colher os frutos dos treinos estruturados, tornando-se campeã capixaba de triathlon.

Novamente, em 2014, ela foi campeã capixaba, campeã brasileira de triathlon e aquathlon na categoria 35-39, além de conquistar o vice Campeonato Mundial de Aquathlon na faixa etária, em Edmonton, no Canadá.

Outra vez, em 2015, Lila conquistou o Vice Campeonato de Aquathlon no Mundial de Chicago na categoria 35-39 anos, competindo grávida sem saber que estava. 

Em 2017, finalmente conquistou o Campeonato Mundial de Aquathlon, no Canadá. Detalhe interessante, durante os anos de 2015, 2106 e 2017, Lila só treinou natação no mar, voltando a fazer os treinos na piscina em 2018, no Clube de Regatas Álvares Cabral, onde está federada atualmente.

PRINCIPAIS RESULTADOS NA NATAÇÃO

Diversas vezes Campeã Capixaba Infantil, Juvenil nos 800m e 400m livre.

5 x Campeã Brasileira de revezamento 4 x 50m livre e 4 x 100m livre.

800m livre 4o. lugar Troféu José Finkel ( 9’10”).

400m livre 5o. lugar Troféu José Finkel (4’24”).

Vice Campeã Brasileira 800m livre.

2010  – Campeã Master Brasileira 800m, 400m livre, 400m medley.

3o. lugar Campeonato Panamericano e Sulamericano de Águas Abertas

2018 – Campeã Sudeste Sênior 800m livre, 400m livre, 200m livre.

RESULTADOS NO TRIATHLON

Lila é Campeã Mundial de Aquathlon (2017) na faixa etária 35-39. Ela tem dois vice-campeonatos mundiais de aquathlon (2014 e 2015), também na faixa etária 35-39 anos. Também é Bicampeã Capixaba de Triahtlon (Geral) e Bicampeã Brasileira de Sprint Triathlon na faixa etária 35-39.

PARCIAIS IRONMAN FLORIPA 2018
Natação: 51:25
Ciclismo: 06:05:20
Corrida: 04:22:33
Tempo final: 11:30:07 (nona posição F40-44).

Por Erik Coser, editor da Revista Alltrinews.

COMPARTILHAR