Janela Qualificatória para Kona 2019 encerrada

Foto: Al Bello/Getty Images for IRONMAN.

Neste final de semana encerrou-se a janela qualificatória para Kona 2019, o mundial da franquia Ironman. Com as três provas realizadas na Suécia, Canadá e Dinamarca, as últimas vagas foram definidas. 

As vagas restantes firacam com: Lionel Sanders (CAN) e Sarah True (EUA), assegurada no Ironman Mont-Trembant (Canadá); Anne Haug (ALE) e Maja Nielsen (DIN) no Ironman Copenhagen (Dinamarca); e, Boris Stein (ALE) no Ironman Suécia.

Nomes como Daniela Ryf (SUI), Mirinda Carfraee (AUS), Linsey Corbin (EUA), Laura Philipp (ALE), Heather Jackson (EUA), Svenja Thoes (ALE), Barbara Riveros (CHI) estão qualificadas para Kona no feminino junto com mais 37 outras atletas. Nenhum slot foi conquista por brasileiras.

No masculino encontramos Jan Frodeno (ALE), Sebastian Kienle (ALE), Patrick Lange (ALE), Danieal Fontana (ITA), TJ Tollakson (EUA), Cameron Wurf (AUS), Frank Silvestrin (BRA) e 49 outros atletas. 

Frank Silvestrin

Como visto, para 2019, o Brasil terá um único atleta, o Frank Silvestrin. Ele disse para nossa redação que a conquista da vaga é realização de um sonho: “Desde moleque, as minhas referências no triathlon já faziam o Ironman. No meu início eu já tinha como alvo o Hawaii. Estes atletas que eram a minha referência, voltavam do Hawaii com uma fita de VHS e o meu passatempo era ver as provas” disse Silvestrin, e ainda completa: “Eu soube esperar 10 anos, fazendo distâncias curtas até poder migrar para distâncias longas. Então esta vaga representa um sonho de muitos anos. É a concretização de tudo isso.”

O triatleta gaúcho ainda quer deixar um legado, servir de inspiração para outros tantos atletas brasileiros: ” Quero passar para as pessoas que é possível estar lá. Eu não nasci num berço de atleta. Eu não tenho o melhor cenário do mundo, mas é possível fazer o melhor com aquilo que nós temos. Colocar isso por muitos anos, de forma muito consistente, o resultado vai aparecer” falou Frank Silvestrin.

Silvestrin conquistou a vaga de Kona com a terceira posição no Ironman Florianópolis 2019. 


Por Erik Coser, editor e fotógrafo da Revista Alltrines.

COMPARTILHAR