História do Triathlon nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004

Nova Zelândia faz a dobradinha olímpica.

CONHEÇA UM POUCO MAIS DA HISTÓRIA DO TRIATHLON NAS OLIMPÍADAS – ATENAS 2004

Atenas 2004 – O triathlon em Atenas foi marcado pelo forte calor de mais de 30ºC e pela vitória inesperada da austríaca Kate Allen. A favorita para a vitória era a australiana Loretta Harrop que num ataque espetacular no duro circuito do ciclismo ateniense, conseguiu saltar na liderança da prova e abrir cerca de 20” sobre as demais adversárias. Tudo levava a crer que Loretta viria a cruzar a linha de chegada, mas ela foi perdendo o ritmo e, esgotada, viu-se sendo ultrapassada por Kate Allen que levou o ouro olímpico. A prata ficou com Loretta e o bronze com americana Susan Williams. O Brasil foi representado por Mariana Ohata (37º), Carla Moreno (DNF) e Sandra Soldan (DNF).

A prova masculina também ficou marcada pelo ciclismo técnico de 5 voltas com um grupo de 40 atletas pedalando junto desde o início. Depois de quase três voltas realizadas, um grupo formado pelos neozelândeses Bevan Docherty e Hamish Carter, os suíços Sven Riederer e Oliver Marceau, com o francês Frederic Belaubre, atacaram e assumiram a pronta da prova, construindo uma larga vantagem. Durante a corrida, este mesmo grupo permaneceu junto até o km 5. Carter finalmente conseguiu saltar do grupo, aumentando o seu ritmo de corrida para cruzar a linha de chegada em primeiro e levar o ouro olímpico. Seu compatriota Bevan ficou em segundo, fazendo a dobradinha neozelandesa. O bronze ficou com o suíço Sven. O Brasil foi representado por Leandro Macedo (31º), Paul Miyachiro (34º) e Juraci Moreira (41º).

VEJAM A EMOCIONANTE FINAL FEMININA

COMPARTILHAR