Alex Yee é o novo Super Star do triathlon britânico

Foto: ITU Media.

Não é exagero falarmos que surge mais uma super estrela do triathlon britânico. Com apenas 21 anos, Alexander Yee vem chamando a atenção dos britânicos pelos resultados do ano de 2018 e neste início de temporada de 2019.

Para começar, novo ídolo britânico venceu no mês passado a ITU World Cup Cape Town. (Parciais: 9:02/27:17/14:41 – Tempo Final: 52:04). Mas vencer uma etapa da World Cup é uma coisa, disputar em alto nível uma etapa da WTS, com os melhores do mundo, é outra coisa bem diferente.

Para surpresa daqueles que duvidavam do talendo do jovem Alexander, sua estreia numa etapa da WTS foi muito bonita de se ver. Ele fez frente ao experiente Mario Mola (ESP) até os últimos metros em Abu Dhabi, ficando apenas 3 segundos atrás do espanhol.

Como de costume, o eslovaco Richard Varga liderou os 750m de natação e a prova desenrolou-se nos 20km com Kristian Blummenfelt puxando o pelote em diversas ocasiões no belo circuito Yas Marina de Formula 1.

Hayden Wild (NZL) foi o primeiro atleta a mostrar as caras no início dos 5k da corrida, segurando um gap de 6 segundos em relação aos demais até a metade da corrida, quando, finalmente, Yee e Mola iniciaram o duelo até a vitória do espanhol, que por sinal, foi sua décima sexta numa etapa da WTS.

“Foi acima e além do que eu esperava” disse Yee após correr os 5k para 14:07, em Abu Dhabi. “Eu vim para conquistar experiência, mas eu sentia que estava realmente preparado para dar o meu melhor. Estes caras são os meus ídolos e há muito tempo, desde quando eu era criança, eu os acompanho”.

E Mario Mola não escondeu que o britânico deu trabalho. “Eu tive que buscar lá no fundo para tirar a distância” ele disse. “Eu sei como Alex é talentoso e foi incrível o duelo. É muito bom ver uma nova geração chegando.”

A história de Alex Yee é de superação e isto chamou a atenção dos amantes do triathlon internacional. Depois de recuperar-se de um grave acidente de bike ocorrido em 2017 numa etapa da World Cup, em Calgary, Itália, quase retirando-o das competições, Yee voltou à cena do esporte ao conquistar a incrível marca de 13.34.12  nos 5.000 metros da corrida na Diamond League de Londres em julho de 2018.

Seus resultados não terminaram por aí na temporada de 2018. Alexander Yee fez a décima posição na sub 23 na ITU World Triathlon Championship Gold Coast e, uma semana depois, venceu pela primeira vez na sub23 na ITU World Cup China. 

Ainda creio que é muito cedo para dizer que Yee será a nova super estrela do triathlon britânico como o são os irmãos Brownlee. Há muito terreno a ser percorrido. Ao menos a Confederação Britânica vem fazendo o seu trabalho ao garimpar e lapidar jovens atletas para o triathlon.

Vamos aguardar o restante da temporada para ver como o britânico vai lidar com a pressão dos fortes atletas da WTS. Mas uma coisa é certa, ele tem talento e poderá dar trabalho ao espanhol Mario Mora que mira o quarto título da WTS.


Por Erik Coser, editor e fotógrafo da Revista Alltrinews.

COMPARTILHAR