Mentalidade Profissional é uma das características que mais gosto de usar para qualquer coisa que eu me disponho a fazer junto à minha equipe. O que é uma pessoa que se dedica a alguma coisa tendo em mente o nível profissional? Esse é o tipo de pessoa que busca se diferenciar das demais. E, na minha opinião, o planeta está cercado de amadores. Muitos não conseguem entender o que é a mentalidade profissional versus amadora.

O que é a Mentalidade Profissional versus Amadora ?

O feito, melhor do que o perfeito, só faz sentido no início. Com o passar do tempo, sua base está pronta e você ganha poder de ação. Agora que você precisa colocar em mente uma mentalidade profissional. Mas cuidado para não entender mal as minhas palavras. Não estou me referindo a treinar mais, ou com mais intensidade. Estou falando de configuração mental: o “Mindset

Busque excelência naquilo que esteja fazendo, em qualquer coisa da sua vida. Isso deveria estar automaticamente dentro de nossas mentes, não é verdade? Ter paixão, ter amor, tesão por nadar, pedalar, correr etc é viver esse lifestyle.  Deveríamos detestar o contrário. Não confunda “profissional” com “atleta profissional” ao ler o meu texto. Se imaginou “o atleta”, você ainda não pegou a visão. Uma pessoa com a mentalidade profissional é alguém preocupado com os detalhes de todas as coisas. É aquele atleta que busca a sua melhor versão de desempenho e, entrega, não só dentro do esporte, mas também fora dele, uma excelente performance. Me dá bastante orgulho, como treinador, acompanhar pessoas assim! 

Pessoas que são excelentes na vida profissional e que aplicam o mesmo desempenho no esporte. Gostam de treinar com planejamento, cumprem os treinos, dão feedback para o treinador, conseguem gerir bem seu tempo e são bons companheiros(a) no contexto familiar. 

O que é Mentalidade Amadora?

O mundo está cheio de amadores! Parece que se tornar “profissional” é uma opção. Se tornar uma pessoa excelente é uma opção para você? Besteira! Nos dias atuais, se você viver com o mindset do OK ser médio, do OK ser amador, você não conseguirá entregar as coisas bem feitas em lugar nenhum. As velhas desculpas não valem mais, como dizer:

  • eu não sou atleta profissional;
  • não tenho experiência com isso;
  • isso é só um hobby;
  • isso aqui para mim é saúde;
  • é diversão.

Mentalidade a longo prazo

Para onde está seu mindset? Qual é a configuração da sua mente? Será que ela  está na estagnação, no padrão, na média? Ou ela está direcionada para o futuro, num formato onde todos os dias da sua vida estão comprometidos com entrega, que você possa se tornar uma versão cada vez melhor de você lá na frente?

Enquanto você não estiver empoderado desse “mindset”, você não conseguirá colocar pra fora aquilo que você tem de melhor no esporte e na vida. Saiba, dentro de você, que independente do que estiver acontecendo ao seu redor, que você esteja caminhando sempre com a sua máxima performance, sua busca de ser o melhor, sempre para cima, buscando ser uma pessoa melhor em tudo que você puder. 

Comprometimento

Quanto mais eficaz você se torna, quanto mais efetivo você consegue ser, mais você vai conseguir expressar a sua arte para o mundo. Porque não adianta nada você ter um grande objetivo, um sonho, um projeto, como fazer um Ironman ou correr uma maratona, e não se entregar a isso ao máximo.

Medíocre

Hoje temos o cenário inverso, pessoas que não se dedicam, fazem apenas por fazer, dedicação zero, parece uma batalha e um peso fazer um ciclo para um grande desafio. E ao cruzarem a linha de chegada, se veem em uma situação de glória, mas será mesmo? 

Não seja medíocre, seja acima da média, cruze aquela linha de chegada com a maior entrega que você puder durante a jornada. Você vai sentir uma emoção muito real, gratificante e realizadora, quando você perceber que está na sua melhor versão.